返回列表 回復 發帖

American Airlines fecha acordo para evitar fal Ray Ban

American Airlines fecha acordo para evitar fal
A American Airlines,Ray Ban, maior companhia aérea do mundo, fechou um acordo de última hora com os sindicatos e evitou a sua falência imediata.
A empresa conseguiu acordos salariais com o sindicato dos trabalhadores em transporte - o maior dos sindicatos entre os quais a companhia negocia -,Ray Ban Sale, e também com a associação dos comissários de bordo profissionais.
Na noite desta segunda-feira,Cheap Ray Ban Sunglasses, o sindicato dos pilotos - que tem 13,Ray Ban Sunglasses Case,five mil sindicalizados trabalhando para a American Airlines - também fechou um acordo para corte sobre salários e benefícios no valor de US$ 660 milhões.
"Ao tomar essas ações decisivas, os líderes sindicais e nossos empregados demonstraram compromisso inabalável com o futuro da companhia, e permitiram que evitássemos um pedido de falência judicial", disse o presidente da American Airlines, Donald Carty, em nota oficial.
Com a notícia, as ações da holding da American Airlines, a AMR, fecharam em alta de 33%, cotadas a US$ 1,58 na segunda-feira.
O acordo prevê que os funcionários da empresa terão um programa de opções por ações e lucro compartilhado.
Nos próximos 15 dias,Cheap Ray Bans, cerca de 70% dos one hundred mil empregados da empresa vão votar a proposta de cortes entre 15% e 20% do total da folha de pagamentos, que vão ajudar a empresa a economizar cerca de US$ 1,eight bilhão.
A American Airlines comunicou também que o presidente da empresa vai fazer um corte de 33% no seu pagamento básico, recusar pagamento de bônus pelo terceiro ano seguido e pedir ao conselho diretor que reduza de forma significativa as compensações pagas a ele e aos diretores.
Negociações com outros sindicatos ainda estão em andamento.
A empresa também precisa de "concessões significativas" de fornecedores e vendedores, segundo Carty.
"A situação financeira da American Airlines é frágil e suas perspectivas permanecem incertas", disse ele em comunicado a seus funcionários.
"Os dias que estão à frente serão difíceis e o sucesso de nossos esforços conjuntos ainda não está garantido, especialmente devido ao impacto da guerra em andamento no Iraque e às condições econômicas em geral que estão afetando o setor de forma negativa", afirmou.
"Não pediria esses sacrifícios se eu não estivesse convencido de que eles são absolutamente necessários para atingirmos nossos objetivos de reconstrução", disse Carty.
A companhia evitou a falência judicial ao mesmo tempo em que uma empresa menor, a US Airways,Ray Ban Eyeglasses, saiu de oito meses de processo de falência judicial.
Analistas dizem que a empresa está tendo prejuízos diários de US$ five milhões, por causa da queda em reservas desde o início da guerra do Iraque.
O setor de aviação anunciou prejuízos de cerca de US$ 30 bilhões desde os ataques de 11 de setembro de 2001, que deprimiram a demanda para empresas que já estavam em dificuldades.
A AMR comunicou um prejuízo recorde de US$ 3,5 bilhões em 2002 e a United Airlines, a segunda maior empresa aérea do mundo, está em regime de falência desde dezembro.
A falência da AMR seria a maior da história da aviação mundial e ainda pode ocorrer se a empresa não conseguir um financiamento adicional com seus credores institucionais.
Related articles:

  
   http://bbs.aoub.cn/thread-663597-1-1.html
  
   http://jowelin.cn/ihome/forum.php?mod=viewthread&tid=1831080
  
   http://bbs.idcqu.com/thread-1992067-1-1.html
返回列表